Rede dos Conselhos de Medicina
SBACV/RS promove o Dia V – Dia da Consciência Vascular Imprimir E-mail
Ter, 16 de Agosto de 2011 14:52

As doenças vasculares, como o AVC, estão entre as que mais matam no país, por isso, a informação e a prevenção são tão importantes

A Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular - Regional Rio Grande do Sul (SBACV/RS) promove, na quarta-feira, 17 de agosto, o Dia V – Dia da Consciência Vascular. O objetivo é chamar a atenção dos gaúchos para os cuidados com a saúde vascular. As doenças venosas, como acidente vascular cerebral (AVC), aneurisma da aorta, varizes e trombose venosa, atingem grande parte da população e têm importante impacto socioeconômico, pois são responsáveis por significativas taxas de faltas ao trabalho.

Primeira causa de morte no Brasil, o AVC é uma questão de saúde pública. No ano de 2008, foram registradas aproximadamente 98 mil mortes no país, uma incidência maior do que as causadas por doenças coronarianas (95 mil). Em Porto Alegre, são 4 mil novos casos a cada ano, ou seja, uma média de 10,96 casos por dia. Os principais fatores de risco são a diabetes, a hipertensão, a obesidade e o sedentarismo. Além disso, não há uma política de prevenção e, na maioria das vezes, as pessoas não são informadas sobre os sintomas da doença. Essa situação só piora, pois poucos são os hospitais preparados para atender aos pacientes.

Programação


Para esclarecer sobre o AVC e outras doenças vasculares, causas, fatores de risco e prevenção, a SBACV/RS realizará o Dia V – Dia da Consciência Vascular. A data será marcada por um debate, aberto ao público, com a participação de especialistas na área. A intenção do encontro é mostrar como alguns desequilíbrios e doenças vasculares podem ser amenizados com mudanças simples e práticas no cotidiano das pessoas.

O evento será realizado às 17 horas, no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Estado. Estarão presentes o secretário estadual da Saúde Ciro Simoni, o presidente da SBACV/RS Adamastor Humberto Pereira, o presidente do Hospital de Clínicas de Porto Alegre Amarílio Vieira de Macedo Neto, o prefeito José Fortunatti e a vice-presidente da CDL e empresária Carmen Flores. O debate será comandado pela jornalista e apresentadora Tânia Carvalho.

Primeira causa de morte no Brasil, o AVC é uma questão de saúde pública. No ano de 2008, foram registradas aproximadamente 98 mil mortes no país, uma incidência maior do que as causadas por doenças coronarianas (95 mil). Em Porto Alegre, são 4 mil novos casos a cada ano, ou seja, uma média de 10,96 casos por dia. Os principais fatores de risco são a diabetes, a hipertensão, a obesidade e o sedentarismo. Além disso, não há uma política de prevenção e, na maioria das vezes, as pessoas não são informadas sobre os sintomas da doença. Essa situação só piora, pois poucos são os hospitais preparados para atender aos pacientes.

Fonte: SBACV/RS

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner