Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Prontuários médicos devem ser disponibilizados a magistrados

Médicos e estabelecimentos de saúde devem a partir de agora, atender às determinações judiciais e encaminhar os prontuários dos pacientes, fichas médicas e outros documentos equivalentes à autoridade responsável sempre que solicitado pelo juiz competente.

A orientação é do Conselho Federal de Medicina (CFM) e está sendo repassada à classe médica e aos estabelecimentos de serviços de saúde desde que a justiça declarou ilegal o artigo 4º da Resolução CFM 1.605/2000 e o parágrafo 1º do artigo 89 da Resolução 1.931/2009, entendendo que ao determinar a entrega do prontuário e da ficha médica apenas ao médico nomeado perito judicial, as normas do CFM limitavam a atuação do juiz no âmbito do processo judicial.

A decisão judicial atendeu a uma Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público Federal visando a declaração da inconstitucionalidade das normas do CFM e a limitação do acesso ao prontuário e fichas médicas quando decretada a quebra do sigilo pelo juiz competente.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 -
Avenida Joaquim Teotônio Segurado, Quadra 702 Sul, Conjunto 1 Lote 1 Plano Diretor Sul 77022-306 - Palmas - TO
FONE: (63) 2111 8100 FAX: (63) 2111 8108 e-mail: crmto@portalmedico.org.br

FECHAR X