Rede dos Conselhos de Medicina
Reunião entre instituições busca resolver impasses tenda e corredores do HGP

CRM-TO intermedeia reunião entre Sesau-TO, MPE-TO, HGP e Vigilância Sanitária para encontrar resolutividade para retirada de tenda e esvaziamento dos corredores do maior Hospital do Tocantins 

Preocupado com o abandono dos pacientes do HGP, em especial os que se encontram na tenda e corredores, Conselho Regional de Medicina do Tocantins (CRM-TO) promoveu reunião de mediação, na manhã desta segunda-feira (26/09), entre Sesau-TO, MPE-TO, HGP e Vigilância Sanitária e membros do CRM-TO, a fim colaborar para resolutividade dos graves problemas enfrentados por pacientes e cidadãos que procuram o maior hospital do Estado (HGP),e que ficam internados no Anexo (tenda) e corredores.

Anexo, conhecido como “tenda”, montado para atender demanda temporária e corredores onde pacientes ficam expostos ao sol e demais constrangimentos, foram os dois assuntos, entre os inúmeros gargalos do Hospital Geral de Palmas tratados na reunião.

Indicativo de Interdição

O CRM-TO entregou indicativo de interdição ética para o HGP a mais de 73 dias, e de forma estratégica e democrática o Conselho de Medicina, promoveu com essas instituições ligadas ao hospital reunião que teve o objetivo de discutir soluções para essa questão.

O secretario estadual de saúde e diretores do HGP mais uma vez se comprometeram em solucionar o problema.

Participantes

Estiveram presentes na reunião o secretário de saúde do Estado, Marcos Musafir, a promotora Maria Roseli de Almeida Pery, os diretores do HGP, Daniel Martins Hiramatzu e Renata Nogueira Duran, o diretor da Vigilância Sanitária Estadual, Thiago Botelho, diretoria e conselheiros do CRM-TO, entre outros. 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner